News and Events

Science with promised future investment

Fraunhofer Portugal was mentioned on the news regarding the ‘Memorandum of Understanding’ signed between the Portuguese State and Fraunhofer-Gesellschaft. You can read the full news (in PT) here:

Ciência com investimento prometido para o futuro

O investimento na ciência é para continuar, "não pelos lindos olhos dos cientistas, mas pelo desenvolvimento do país", garantiu ontem, na Alfândega do Porto, o primeiro-ministro, durante a cerimónia de assinatura de um acordo que permitirá que se instale em Portugal o primeiro instituto da sociedade alemã Fraunhofer fora de território alemão.

A aposta, que teve início em 2005 "com um discurso político e continuou com as decisões e o investimento público, é para continuar e haverá estabilidade de políticas nesta área", garantiu José Sócrates, acrescentando que "esta continuidade é de máxima importância".

Como exemplo dessa continuidade o governante referiu o aumento da verba a aplicar no sector científico inscrita no Orçamento Geral de Estado, "que cresceu 64% em 2007, um aumento como não há memória, e numa altura de contenção em que muitos sectores têm as suas verbas reduzidas".

José Sócrates quis ainda alicerçar a sua garantia de continuidade com base em fundos comunitários, revelando que "no próximo Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) vão ser investidos 37% dos recursos comunitários na Educação e na Ciência, quando a média dos últimos anos foi de 26%".

Um investimento, que de acordo com o primeiro-ministro é uma aposta no desenvolvimento, "porque não sabemos qual a receita ideal para o crescimento de um país, mas não conhecemos nenhuma que não tenha investido fortemente na Educação e na Ciência", essencial "para criar potencial científico vital para o sucesso económico de Portugal".

Quanto ao acordo de cooperação com a sociedade Fraunhofer, afirmou que se trata de um passo decisivo para a internacionalização e é "uma palavra de confiança para os cientistas portugueses e também estrangeiros, para a manutenção neste investimento".

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior acrescentou que a decisão de criar um centro de pesquisa da sociedade alemã em Portugal, "é importante para o nosso país, para a Alemanha e também para um novo modelo europeu. Durante a presidência alemã foi defendido sempre o mesmo modelo, de uma abertura científica, para que esta não fique fechada numa empresa, universidade ou país".

O objectivo do memorando assinado é a colaboração sistemática entre diversos institutos da sociedade Fraunhofer e instituições de pesquisa portuguesas, culminando com a criação de um centro em Portugal em finais deste ano. Os próximos meses serão de avaliação do local a criar esse centro, que poderá ficar na região Norte.

 

Source: 19.04.2007, Jornal de Notícias